Esperamos os deputados virem trabalhar!

A pesar de o movimento “Fora Arruda e Toda a Máfia” ter garantido a realização da sessão extraordinária de ontem (03), os parlamentares da base governista não compareceram à Câmara Legislativa do Distrito Federal. Eles alegaram que se sentem “inseguros”.  Apenas cinco deputados da oposição (PT e PDT) compareceram, e a sessão teve de ser cancelada por falta de quórum.

Em reunião, o presidente interino da casa, deputado Cabo Patrício (PT) e o movimento de ocupação garantiram a total integridade dos deputados, sem qualquer tipo de coação física ou moral dentro do plenário.  Nem manifestações ocorreriam dentro da sessão, para garantir que acontecessem as discussões sobre a cassação de todos os deputados envolvidos e sobre o impeachment do governador José Roberto Arruda (DEM) e de seu vice, Paulo Octávio (DEM). Não há razão para a ausência dos parlamentares, a não ser o medo de aparecer em público e a vontade de atrasar os trabalhos.

O movimento está comprometido com a preservação do patrimônio público. A nossa luta é justamente pela defesa do público. Entregaremos sempre o plenário limpo, da forma como encontramos. Queremos que ocorram as sessões necessárias para a punição de todos os envolvidos nas denúncias de corrupção no DF. Esperamos os parlamentares virem trabalhar. Estamos fazendo a nossa parte.

A ausência de 19 deputados evidencia o comprometimento dos parlamentares da Câmara Legislativa do DF com o governo corrupto de Arruda e Paulo Octávio. Dos 24 deputados distritais, 18 compõe a base aliada do governo. Não podemos deixar que esses mesmos políticos continuem governando o Distrito Federal. A luta do “Movimento Fora Arruda e Toda a Máfia” é de toda a sociedade. Participe também!

Seguimos em luta,

Movimento Fora Arruda e toda máfia

Sessão foi cancelada por falta de quórum!

Anúncios

3 Respostas to “Esperamos os deputados virem trabalhar!”

  1. BRASÍLIA LIVRE Says:

    Já que os parlamentares não trabalham, o povo só sairá de lá quando esta máfia for destituída.
    Nos de depredadores, mas o que são duas portas comparado a 400 mil por mês (11 milhões, nem sei mais hahaha) pros nossos representantes representarem a máfia imobiliária? O que são duas portas comparadas à TOTAL falta de importância que o GDF sempre deu aos direitos humanos? O que são comparadas ao aparelhamento do Estado, da mídia, da polícia como aparelho repressor da população revoltada? Afinal, a quem servem? A mim que não, muito menos à população que luta por uma cidade mais humana, mais popular, que não exclua e segregue O VERDADEIRO brasileiro ao entorno… nos limitando a uma bolha de “felicidade econômica” que se tornou o plano. Há desde a criação de Brasília uma política de segregação da população pobre, descaso com os recurso hídricos e a mata antiva, sem contar com a questão indígena, em benefício da especulação imobiliária. Não é possível que as pessoas não percebam que o nome do PÓ está escrito por toda cidade. São pessoas que detêm o poder em prol da própria classe.Porque quando expulsaram a vila do IAPI, com desculpa de que era uma área de proteção ambiental, moradias de classe média-alta foram construídas no mesmo local? Porque a tentativa neoliberal de expulsar a população da Estrutural foi porcamente defendida pela mídia, caracterizando a mobilização popular como baderneira? E o PDOT que prevê a construção de um bairro para a pobre classe AA em cima da última grande áre, apenas 300 hectares, de cerrado dentro do DF? E o Catetinho? Inúmeras nascentes serão destruídas. Será que a mídia realmente acreditam que Eurides Brito, como relatora do projeto referente ao PDOT, estava defendendo a população? ou o PAULO OTÁVIO, Gontijo e gangue?
    MÍDIA,
    Abra os olhos e pare com o discurso moralista.
    Estamos sendo violentados, brutalmente, na verdade sempre fomos. E o curso natural é a revolta, que está longe de seu ápice.

  2. João da Silva Says:

    Não se combate bandidos com bandidagem.

    Essa manipulação da UJS/PCdoB é triste. Pela TV deu pra ver o Leandro Bochecha comandando o “movimento” e quebrando tudo que se vê pela frente.

    Querem democracia? Utilizem as outras instituições.

  3. Marcos Borges Says:

    O atual DEM, ex-PFL, PDS, Arena, vai usar de todos os meios, inclusive contando com o poder econômico do vice-governador Paulo Octávio, para continuar no poder, no DF. Um dos artifícios do DEM é não oferecer muita resistência à cassação do Arruda, mas brigar com unhas e dentes para que Paulo Octávio substitua Arruda na governadoria. Sua principal alegação é que não há vídeo com o vice recebendo propina do Barbosa. Ora, isso é tripudiar e menosprezar nossa inteligência. Toda a linha sucessória do GDF recebeu dinheiro sujo. A Procuradoria da Câmara recusou-se a receber 6 dos 8 pedidos de impeachment do governador e do vice. Temos que pensar numa Ação Civil Pública proposta pelo Ministério Público, com vistas a afastar todos os envolvidos, IMEDIATAMENTE ! Vamos ficar de olho, inclusive na Procuradoria da Câmara Legislativa. AS MOBILIZAÇÕES POPULARES SÃO IMPRESCINDÍVEIS !

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: