Archive for the ‘Calendarios de luta’ Category

Audiência Publica sobre violência policial com o coronel Silva Filho.

maio 25, 2010

Desde o inicio de nossa luta contra a mafia enraizada no Distrito Federal que  iniciou ainda em Roriz mas que ganhou grande aclamação social com imagens da gentalha com a mão na bufunfa. Tivemos inumeros atos para demonstrar nossa indignação e denunciar essa roubalheira generalizada, atos esses, que muitas vezes era repreendido com violência pela policia e comandada pelo violento e desumano coronel  Silva Filho. Que mandou cavalo e cassetes para cima de pessoas que se defendiam com mangas e ainda foram agredidas dentro da grama, acabando com o argumento de que eles apenas queriam desimpedir a via.

Que durante a ocupação da nova e superfaturada camarâ legislativa ameaçou subir no predio com cachorros, não o fez por que a imprensa já estava lá.Entre outros fatos.

Silva Filho representa tudo aquilo que não queremos na policia, tudo aquilo que não queremos na humanidade.

Portanto pedimos que compareça a

Audiência Publica sobre violência policial com o coronel Silva Filho.

Sexta( 28 de maio)

ás 15h
Local: Plenário da CLDF
Anúncios

Ato dia 30 de março, terça-feira.

março 30, 2010
Concentração em frente ao Conic (Praça Zumbi dos Palmares), em frente ao Dulcina,
às 18h30.
Contra o Nepotismo de Eurides Brito
A batuta do Maestro está assando!!!

Na próxima terça-feira (30), a Sociedade Armorial, Patafísica e Rusticana – O PACOTÃO, juntamente com o Movimento Independente da Sociedade Civil na Luta Pelo Combate à Corrupção no DF e o Movimento Fora Arruda e toda Mafia  farão uma manifestação na porta do Teatro Nacional. Bandeiras e faixas com palavras de ordem em “homenagem” ao maestro Ira Levin e sua sogra – aquela que aparece no vídeo do Durval Barbosa enchendo a BOLSA de DINHEIRO -, já foram confeccionadas. Os manifestantes irão se concentrar no CONIC, dia 30.03.2010 (terça-feira), a partir das 18:30 h, em frente à Praça Zumbi dos Palmares. Uma parte da Banda do Pacotão estará presente animando a manifestação.  De lá os manifestantes sairão em caminhada rumo ao Teatro Nacional.

Nesse sentido, estamos propondo que a indicação para maestro da Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Cláudio Santoro seja realizada através de uma lista tríplice apresentada pelos próprios músicos ao governo, assim como acontece na indicação para Reitor em diversas universidades federais pelo país afora e em várias outras orquestras do Brasil e do mundo.

Queremos denunciar o NEPOTISMO no preenchimento do cargo de maestro, que se configura com a indicação do GENRO da Deputada Distrital Eurides Brito, repudiar a coação do maestro americano contra o músico cubano Félix Alonso. O Sr. Ira Levin fez ameaças ao clarinetista por ser este um dos integrantes do grupo que interpreta a ópera de rua do Maestro Jorge Antunes, o Auto do Pesadelo de Dom Bosco. A coação foi denunciada através de matéria publicada no Jornal Correio Braziliense e, queremos ainda, transparência na utilização dos recursos destinados à Orquestra e ao pagamento do regente. Queremos, na oportunidade, impedir e denunciar qualquer tipo de prática CLIENTELISTA nos órgãos do GDF. Vamos nos mobilizar, para isso convocamos a CUT-DF, os foliões do PACOTÃO, os amigos, os militantes políticos, os músicos, os artistas, os sindicalistas, os trabalhadores em greve e os estudantes para mais essa frente de luta. Maestro: A sua batuta está assando!!! FORA EURIDES BRITO!!! Fora todos os corruptos envolvidos em escândalos no GDF!!! Cassação já!!! A Intervenção Federal já passou da hora!!!”

E reforçando que:

Toda quarta as 19 horas no SINDMETRO ( venancio V, 5° andar ) reunião do movimento brasilia outros 50, movimento que surgiu no seio do movimento Fora Arruda e toda mafia com o objetivo de se pensar a construção de uma nova brasília e a construção de um poder que seja, de fato, do povo e para o povo. Blog do movimento http://outros50paraodf.blogspot.com/ . Twitter http://twitter.com/outros50df

Nossas reuniões ordinarias acontecem todo sabado as 14 horas no SINDMETRO.

Assine petição contra o PDOT de Arruda e Paulo Otavio e mafia gananciosa do DF. – www.petitiononline.com/pdot2009/petition.html

Calendario de luta (20/03)

março 21, 2010

(21) Domingo – 14:00h Ato da Feira, na feira da Torre de TV

(22) Segunda17:30 Debate  sobre o bairro Noroeste, no auditorio 2 candangos na faculdade de educação da UnB  (logo atrás da thomas Jefferson da 606 norte) Foram convidados e convidadas:

SINDUSCON: Élson Riberio e Povoa

ADEMI: Adalberto Cleber Valadão

TERRACAP: Luiz Antonio Almeida Reis

IBRAM: Gustavo Souto Maior

IBAMA: Maria Silvia Rossi

Hanry Alves Coelho (Analista Ambiental IBAMA)

Fórum das ONGs Ambientalistas do DF: Luiz Mourão

Instituto dos Arquitetos do Brasil: Tânia Batella

Câmara Legislativa: Dep. Erika Kokay

Santuário dos Pajés: Awamirim

Movimento Brasília Sempre Viva: Denise Agostinho

Escritório Oscar Niemeyer: Carlos Magalhães

Zimbres Arquitetura: Paulo Zimbres

http://twitpic.com/19x91i

(23) Terça-feira às 14h no Teatro de Arena- UnB entre o ICC norte (minhocão) e a Biblioteca : Encenação do julgamento popular de Jose Roberto Arruda e da mafia enraizada no Distrito Federal, como seria se o povo tivesse, de fato, o poder de julgar seus usurpadores.

(24) Quarta-feira-15h De volta a camarâ legislativa: Que se faça ouvir a todos os corruptos que suas artimanhas para manutenção dessa mafia nao serão toleradas pela sociedade.

18h30min Reunião de construção do “Brasília, outros 50”. No sindmetrô (conic Venâncio V).

(25) Quinta-feira ( E todas as quintas no mesmo horario) – Das 10:00 às 11:00: Na frente do Cinquentão (Cinquentão é o novo nome do prédio da nova Câmara Legislativa), As ações para esse dia são: levar estandartes bonitos, coloridos, escritos, pintados ou bordados; balões de gás de todas as cores; giz colorido para fazer intervenções na calçada; colocaremos faixa anunciando a nova destinação do prédio; lançamento do manifesto dos artistas – pela arte e pela ética;

A corrupção e um genocidio pelo que poderia ter sido: Pelo que poderia ter  sido na saúde, no combate a fome e a falta de moradia ; no incentivo a cultura, a arte,na nossa busca por nossa identidade,humanidade e dignidade. Por quanto tempo mais ficaremos nos perguntando o que poderia ter sido ?