Archive for the ‘Notas do movimento.’ Category

NOTA de Repúdio Contra a Repressão Política em Brasília – DF

julho 12, 2010

Nós, cidadãos, parlamentares, partidos políticos, organizações sociais e entidades representativas abaixo listadas repudiamos a criminalização e repressão em curso no Distrito Federal contra os/as que ousaram se inginar contra toda a máfia instalada no poder do Distrito Federal – DF.

No dia 17 de Abril, em protesto pacífico na Câmara Legislativa do Distrito Federal – CLDF, contra a eleição indireta e ilegítima que elegeu o atual Governador-tampão, foram presos Daniel Galvão, Diogo Ramalho, Solon Nicolas, e Derci Barbosa. Daniel Galvão, estudante do Mestrado foi além de espancado publicamente, lhe atribuído acusações forjadas e infundadas, bem como o estudante Solon, que teve de ser socorrido ao Hospital e o estudante Derci, todos sendo processados penalmente por incitação ao tumulto, dentre outras acusações. Todos foram conduzidos à 2º Delegacia de Polícia, ao lado da CLDF e forçados a assinar confissão de culpa, Daniel que se recusou a assinar, foi encarcerado.

O estudante Diogo Ramalho depois de preso por suposto desacato, foi conduzido para a 2º DP mas logo em seguida levado em separado para a Delegacia de Repressão a Pequenas Infrações – DRPI, 30min de viatura da CLDF, e submetido a tortura moral e fisica, sendo espancado por políciais civis e arrastado no chão pelos cabelos nos corredores até dentro da cela.

Além dos presos no protesto do dia 17 de Abril, o estudante de baixa renda David Wilkson está sendo processado pelo Bilionário e ex-vice governador Paulo Octávio a pagar mais de 10 mil reais em indenização por ter supostamente quebrado 2 vasos de planta, orçados em 1mil reais, em protesto no ilegal stand de vendas do setor noroeste, em Março de 2010. No julgamento de conciliação o estudante se comprometeu a pagar o vaso, Paulo Octávio Empreendimentos no entanto, exige retratação pública em jornal de grande circulação mais o valor exorbitante do estudante que se mantém na UnB graças à assistência estudantil.

Repudiamos também as mais de 80 convocações a depor feitas às pessoas que participaram de protestos pacíficos nos fins de semana durante 3 meses em frente às residências dos parlamentares flagrados na operação caixa de pandora. As placas foram anotadas pela PM-DF e através dessas informações, as convocações só aumentam a cada dia, e têm o claro intuito de constranger e intimidar.

Por último repudiamos o processo administrativo aberto na CLDF contra 10 servidores, acusados de participarem de alguma maneira da ocupação popular da CLDF, ocorrida de 2 a 8 de dezembro de 2009.

Não esqueceremos também jamais, toda a repressão empreendida pelo Coronel Silva Filho, no dia 09 de dezembro, quando a cavalaria pisoteou e o BOPE massacrou os mais de 5 mil manifestantes que protestavam pacificamente contra a impunidade em frente ao Palácio Buriti, prendendo 5 pessoas e deixando dezenas de feridos. O mesmo Coronel Silva Filho, no dia 17 de Abril mais uma vez empreendeu repressão violenta e desproporcional contra os que protestavam contra a eleição indireta realizada pelos parlamentares corruptos que seguem sem punição.

Não aceitaremos a repressão política-jurídica-penal a tantos lutadores e lutadoras que gritaram contra a injustiça e a impunidade.

Assinam este documento:

Pessoas Fisicas
-Thiago de Ávila e Silva Oliveira – Assembléia Popular do DF
-Juliana Fernandes da Silva
-Teresa Regina de Ávila e Silva
-JORGE ANTUNES, maestro, professor titular da UnB
-Catherine Prost – APUB-UFBA
-Ednaldo Jardel Andrade de Santana
-David Wilkerson Silva Almeida -aluno de filosofia da UnB
-Déborah Gomes da Silva Paiva – estudante
-Carlos Henrique Romão de Siqueira
-Hortência Doyle
-Jonas Banhos, Coordenador Geral do Movimento Nossa Casa de Cultura e Cidadania Amapá – Amazônia – Brasil
-Sérgio Alexandre R . da Costa
-Antonio Jacinto Indio – Dirigente PSOL/DF
-Camila Hemétrio Valadares

Entidades e coletivos.
-Centro de Estudos Latino Americano – CELA
-Assembléia Popular DF e Entorno
-Grito dos Excluídos DF
-Coletivo Luta Vermelha
-Executiva Nacional dos Estudantes de Comunicação Social( ENECOS)
-Centro Acadêmico de Serviço Social/UnB
-Centro Acadêmico de Psicologia – Universidade Catolica de Brasilia
-Centro Acadêmico das Ciências da Comunicação ( CACIC – IESB )

___________________________________________________________

Quem tiver interesse em assinar essa nota de repudio e so mandar um e-mail para ocupacaocldf@gmail.com .

Sigamos em luta… Sempre, até a vitoria.

Chamado à Sociedade

fevereiro 12, 2010

Nós do Movimento Fora Arruda e Toda Máfia, juntamente com vários segmentos sociais, ocupamos às 18:00h desta quinta-feira a entrada do Supremo Tribunal Federal e aqui permaneceremos ocupando até que seja negado o Habeas Corpus do ex-governador José Roberto Arruda que se encontra preso na carceragem especial da Polícia Federal, e assim esperamos que permaneça e que de lá seja conduzido ao presídio da PAPUDA.

A luta segue até a prisão do vice-governador,  Paulo Otávio bem como todos as e os 10 deputados distritais envolvidos no escancarado escândalo de corrupção batizado de Caixa de Pândora.

Convocamos todos os cidadãos brasiliense e brasileiros a se somar a nós fisicamente e espiritualmente nessa ocupação simbólica do STF afim de pressionarmos a justiça para que não recue no caminho do fim da impunidade.

Venham todos e todas ao Supremo Tribunal Federal, pois a realidade só se muda com resistência e luta.